ARACAJU/SE, 3 de março de 2024 , 20:36:35

logoajn1

Sergipe lança Política Estadual de Atenção à Primeira Infância nesta segunda-feira (11)

 

O Governo de Sergipe, por intermédio da Secretaria de Estado da Assistência Social e Cidadania (Seasc), anuncia o lançamento da Política Estadual de Atenção à Primeira Infância, que foi instituída por meio da Lei 9.313, de 16 de novembro de 2023, e aprovada por unanimidade pela Assembleia Legislativa.

O evento ocorrerá na próxima segunda-feira, dia 11, no Teatro Tobias Barreto, em Aracaju, a partir das 8h. Essa iniciativa visa a promover o desenvolvimento integral e integrado de crianças de 0 a 6 anos, adotando uma abordagem intersetorial e multidisciplinar.

A abrangência da primeira infância, que vai desde a gestação até o sexto ano, é reconhecida como crucial para a formação da personalidade e habilidades futuras.

A secretária de Estado da Assistência Social e Cidadania, Érica Mitidieri, destaca a importância do investimento precoce não apenas para o desenvolvimento individual, como também para a redução da desigualdade social e o impulso à produtividade econômica. Com mais de 237 mil crianças de 0 a 6 anos no estado, ela ressalta o comprometimento com o futuro da juventude sergipana.

A política abrange diversas ações, desde incentivo ao aleitamento materno até a criação de espaços de estimulação ao desenvolvimento infantil. Iniciativas como o Programa Paternidade Responsável e a implantação de brinquedo-praças promovem cuidado físico, desenvolvimento cognitivo e socioemocional. O projeto amplia o benefício ‘CMais Sergipe pela Infância’ para ‘CMais Cidadania – Ser Criança’, atendendo famílias com crianças de até 6 anos com deficiência, doenças raras ou transtorno do espectro autista (TEA).

A implementação do programa será liderada pela Secretaria de Estado da Assistência Social e Cidadania, conforme previsto na lei, envolvendo outras secretarias do governo em uma abordagem intersetorial. A visão abrangente do programa visa a qualificar trabalhadores e gestores públicos, destacando a importância do desenvolvimento infantil integral e integrado, rumo ao acesso universal a creches e pré-escolas em Sergipe.

 

 

 

Você pode querer ler também