ARACAJU/SE, 23 de fevereiro de 2024 , 0:57:01

logoajn1

Sergipe perde 625 vagas de emprego no mês de agosto

Da redação, AJN1

No último mês de agosto, Sergipe registrou o fechamento de 625 vagas de trabalho com carteira assinada. O saldo de agosto decorre da diferença entre 6.937 admissões e 7.562 desligamentos, segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) da Secretaria de Trabalho do Ministério da Economia.

O fechamento de vagas ocorreu nos setores da Indústria de Transformação (890 vagas); Agropecuária (271 vagas); Indústria Extrativa Mineral (62 vagas); Serviços Industriais de Utilidade Pública (35 vagas); e Construção Civil (33 vagas).

Também foi registrada criação de vagas em três dos oito setores econômicos do Estado. No setor de Serviços, o saldo positivo foi de 539 vagas de trabalho, seguido do Comércio (85 vagas) e Administração Pública (42 vagas).

Inversão

Conforme o Caged, aconteceu uma inversão no cenário do emprego setorial: os setores de Serviços e do Comércio, que foram os únicos a registrar fechamento de vagas no mês de julho, apresentaram saldo positivo em agosto. Já os setores que assinalaram saldo positivo em julho, tiveram vagas fechadas no mês de setembro, exceto o setor de Administração Pública.

Desempenho por Município

A pesquisa apontou ainda que, dos 13 municípios sergipanos com mais de 30 mil habitantes, cujos dados são disponibilizados para análise, a cidade de Lagarto registrou a maior criação de vagas de trabalho, no mês analisado, com a criação de 167 postos. Em Aracaju, o saldo deste mês foi de 64 postos de trabalho.

Você pode querer ler também