ARACAJU/SE, 22 de julho de 2024 , 15:20:13

logoajn1

Sindicato dos taxistas pede legislação mais rigorosa com transporte clandestino

Por Ivo Jeremias, AJN1

 

O número de veículos que realizam transporte clandestino em Aracaju já pode ser maior que o de taxistas legalizados. A informação é do vice-presidente do Sindicato dos Taxistas de Aracaju (Sintax), Gerson Ferreira, que cobrou em entrevista concedida ao portal AJN1, na manhã desta quinta-feira (30), mais rigor na legislação que pune o transporte irregular de passageiros.
 

 

"O valor da multa hoje é irrisório, R$ 319 reais apenas, o que acontece é que quando um deles é multado, os outros se unem e pagam a multa. Não queremos tirar o ganhão pão de ninguém, mas não é justo o que está acontecendo, pagamos taxas, trabalhamos de forma legalizada. A situação é preocupante atualmente, temos 2080 taxistas legalizados em Aracaju e a estimativa é que o número de transportes clandestinos chegue a 2550, estão isso prejudica em muito o nosso trabalho”, disse Gerson. 
 

 

O vice presidente do sindicato dos taxistas de Aracaju falou ainda sobre a atuação da Superintendia Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) na fiscalização do transporte clandestino e da expectativa em relação a aprovação de leis mais rigorosas na Câmara de Vereadores de Aracaju

“Este não é um problema novo, o transporte irregular acontece há cerca de 15 ou 18 anos, é um algo que ocorre desde administrações passadas, mas a verdade tem que ser dita. Nunca tivemos uma gestão da SMTT que se preocupasse tanto conosco como esta atual. A SMTT vem fiscalizando, punindo, apesar do baixo número de agentes, mas infelizmente a lei não é rigorosa. No final do ano passado foi enviado um projeto de lei à Câmara de Vereadores de Aracaju, alterando a multa de R$ 319 para um valor acima de R$ de 2000, mas infelizmente o projeto foi retirado de votação. Nossa expectativa é que ele seja votado e aprovado neste segundo semestre. Com o novo valor da multa, acredito que vai reduzir bastante o número de clandestinos”.

Projeto de Lei

O projeto de lei que aumenta a multa é de autoria do executivo e foi retirado da pauta de votação da Câmara de Vereadores no dia 17 de dezembro de 2014, a pedido do líder do governo, o vereador Agnaldo Feitosa (PR), com a justificativa de que seria preciso fazer alguns ajustes no projeto. O projeto prevê a seguinte elevação das multas: R$ 2.180,00, para o transporte clandestino individual e de R$ 8.720,00, para o transporte coletivo, com a possibilidade duplicação dos valores em caso de reincidência.

Câmara de Vereadores 

De acordo com o vereador Adriano Oliveira (PSDB), o projeto de lei deverá ser votado na primeira semana após o fim do recesso das atividades da Câmara de vereadores de Aracaju. Os vereadores retomam os trabalhos do legislativo aracajuano na próxima terça-feira, dia 4.

 

Foto: Reinaldo Gasparoni

Você pode querer ler também