ARACAJU/SE, 27 de maio de 2024 , 3:35:17

logoajn1

Suco de laranja foi responsável por 68,5% das exportações em Sergipe

 

As exportações sergipanas no último mês de março somaram 14,2 milhões de dólares e, entre os 26 produtos sergipanos, o suco de laranja foi responsável por 68,5% do valor total, que contabilizam aproximadamente 9,8 milhões de dólares. Os dados foram divulgados pelo Observatório de Sergipe, órgão vinculado à Secretaria Especial de Planejamento, Orçamento e Inovação (Seplan). De acordo com a Secretaria de Estado da Agricultura, Desenvolvimento Agrário e da Pesca (Seagri), o resultado demonstra, mais uma vez, a importância do setor citrícola para o desenvolvimento econômico e social de Sergipe.

“O setor citrícola é importante para o desenvolvimento de Sergipe, com a geração de milhares de empregos e produção de uma grande variedade de frutas cítricas, como laranja, limão, abacaxi, maracujá e acerola, que fortalecem a economia local. As duas grandes empresas de suco de frutas cítricas instaladas em Sergipe absorvem grande parte da produção estadual e dos produtores do norte da Bahia, que também são sergipanos”, destacou o secretário de Estado da Agricultura, Zeca da Silva.

De acordo com ele, são 14 municípios produtores nas regiões sul e centro-sul do estado. “Uma comprovação da importância desse setor produtivo é o resultado positivo na balança comercial, com 68,5% da pauta de exportações do estado originada da citricultura”, pontuou Zeca. No estudo feito pelo Observatório de Sergipe, os 14.653 estabelecimentos agropecuários que cultivavam laranja representam 15,7% do total de estabelecimentos no estado. Consta no estudo que, em 2022, o valor bruto da produção da laranja foi de R$ 288 milhões, correspondendo a 14% deste.

Você pode querer ler também