Sergipe perde João Alves Filho, um grande homem público, que muito contribuiu para o desenvolvimento do estado. Saiba mais

Suspeito de fraudar concurso da Petrobras paga fiança e está solto

 

Da redação, AJN1

O indivíduo que foi preso em flagrante pela Polícia Federal em Sergipe (PF) no último domingo (1º), em Aracaju, tentando fraudar as provas do concurso da Petrobras, pagou fiança e já está em liberdade. A PF chegou ao suspeito por meio de denúncias sobre uma possível fraude no concurso, o qual é organizado pela Cesgranrio.

Foi aberta uma investigação minuciosa e, após cruzamento de dados feitos pelo Núcleo de Inteligência da PF nos locais em que estavam ocorrendo o concurso, com o apoio e auxílio da Cesgranrio, a PF obteve êxito em prender em flagrante o candidato, que foi surpreendido com um celular ligado e contendo os gabaritos da prova.

O indivíduo confessou à PF que manteve o celular ligado durante a realização da prova. Por ocasião do flagrante, ficou constatado pela perícia que ele iria receber, pelo telefone, os gabaritos de outros candidatos que já haviam saído do local de prova.

O candidato responderá pelo crime de fraude em concurso público, previsto no art. 311-A, inciso I, do Código Penal, com pena prevista de até quatro anos de prisão.