TCE reduz consumo de combustível no primeiro trimestre

O Tribunal de Contas do Estado (TCE/SE) reduziu o consumo de combustível no primeiro trimestre deste ano no comparativo com o mesmo período de 2015. Após adotar uma série de novidades na rotina de utilização dos veículos que integram a frota, o setor de transporte do órgão contabilizou, entre os meses de janeiro e março, uma economia superior a 5 mil litros de combustíveis.

 

Ao todo foram economizados mais de 4,7 mil litros de gasolina, além de 355 litros de diesel. Segundo o chefe do setor de transporte, Luiz Fernando Silveira, pelos valores praticados atualmente (R$ 3.739 e R$ 3.169, respectivamente), a economia total chega a quase R$ 19 mil naquele curto intervalo de tempo.

 

A redução decorre de ações como a nova dinâmica de distribuição dos carros deslocados para as inspeções. "Nas cidades que ficam a mais de 70 km de Aracaju não utilizamos mais veículos a gasolina, apenas a diesel, que têm menor consumo", observa Luiz Fernando.

 

O chefe do transporte no TCE cita ainda a substituição dos veículos executivos – com motorização 2.0 – que anteriormente ficavam à disposição dos diretores e demais setores, por carros populares, com motores 1.4 ou 1.6, também gerando menor consumo.

 

Outro detalhe consiste na manutenção corretiva dos veículos, em complemento às que já são feitas conforme o calendário previsto pela concessionária. "Às vezes há problemas nos carros que não são encontrados, gerando maior consumo", explica Luiz Fernando, citando o exemplo de falhas relacionadas aos freios, que aumentam o gasto em cerca de 10%.

 

"Temos feito um maior controle da frota. Por exemplo, procuramos utilizar apenas um carro para vários serviços de rua e não um para cada demanda", conclui.

 

Fonte: Ascom TCE