ARACAJU/SE, 19 de julho de 2024 , 12:25:48

logoajn1

Unidos em Asa Branca é a grande campeã do Concurso de Quadrilhas Juninas do Gonzagão 2024

 

Após cinco dias de disputas intensas, o Concurso de Quadrilhas Juninas do Gonzagão chegou à grande final neste domingo, 16 de junho. Desta vez, quem levou o título de campeã da competição, com 99,9 pontos, foi a Quadrilha Unidos em Asa Branca, do município de Aracaju, que com o tema ‘Marisqueiras’ evidenciou o trabalho das mulheres que se dedicam à coleta artesanal de mariscos. A quadrilha Século XX, também da capital, com 99,8 pontos, foi quem ficou com o segundo lugar, com a temática ‘Se essa rua fosse minha’, colocando em evidência a centenária Rua São João, cenário de tradições do período junino; na terceira colocação, a quadrilha Raio da Silibrina, de Lagarto, conquistou 99,6 pontos com o tema ‘Do fogo aos céus, a eternidade do sertão’, por meio do qual retratou os cangaceiros Lampião e Maria Bonita.

O quadrilheiro Carlos Marques, representante da campeã da noite, ressaltou que a conquista é resultado de um trabalho desenvolvido ao longo de vários meses e preocupado em retratar questões pertinentes à sociedade sergipana. “São sete meses de ensaios árduos. A Unidos em Asa Branca vem trazendo um tema incrível para o estado de Sergipe, que é mostrar a história das marisqueiras, não o sofrimento da mulher marisqueira, mas sim a beleza, a garra e a força dela. É possível ver isso através de nossos figurinos, do vermelho que predomina no nosso traje, que são as cores predominantes do aratu. É um trabalho pensado e amarrado aos poucos, e que a gente conseguiu entregar a todo o público de Sergipe. Eu tenho certeza que todo mundo tem muito orgulho da Unidos em Asa Branca por ter conquistado o primeiro lugar”, ponderou.

Ainda segundo o quadrilheiro, o apoio da gestão estadual tem sido fundamental para que esse trabalho continue sendo feito da melhor forma possível. “Para a gente, que é quadrilheiro, é uma satisfação imensa, porque a gente sabe que realmente faz parte da arte e da cultura do estado. Fazer arte e fazer cultura aqui em Sergipe sempre foi muito difícil, mas com esse apoio do Governo do Estado vai ficando mais fácil. A gente movimenta essa cultura, mostra aos turistas o que Sergipe tem de mais belo, até porque Sergipe é o ‘país do forró’”, finalizou.

A escolha dos jurados foi pautada em critérios que avaliaram o marcador, observando a liderança, a condução, a entonação e o figurino em destaque; a harmonia e animação do grupo, ou seja, a integração da quadrilha com o tema, a música e os movimentos; a originalidade, por meio da qual se observou a preservação de movimentos que evidenciam as tradições juninas; a sergipanidade, a presença de elementos que caracterizam a cultura sergipana e representam o que é ser sergipano; a coreografia, a dinâmica da dança e a expressão teatral; e o figurino, que devia estar em harmonia com o tema abordado e trazer, de maneira criativa, elementos compatíveis com a cultura junina.

Valorização

Neste ano, o Governo de Sergipe ampliou a premiação destinada aos concursos de quadrilhas juninas realizados pelo Estado — a do Gonzagão e o Arranca Unha. Em ambas as competições, o primeiro colocado levou o prêmio de R$ 20 mil. Para o vice-campeão, o valor foi de R$ 12 mil, e o terceiro lugar do pódio ficou com R$ 8 mil. O quarto lugar foi premiado com R$ 3 mil e o quinto, com R$ 2 mil.

Além disso, todas as 18 quadrilhas competidoras foram contempladas com o incentivo financeiro de R$ 5 mil para participar de cada competição, de forma que todos os grupos acabaram recebendo, ao final, R$ 10 mil, como indica o presidente da Fundação de Cultura e Arte Aperipê (Funcap), Gustavo Paixão. “As 18 quadrilhas que participaram de cada concurso recebem R$ 5 mil por concurso, ou seja, são R$ 10 mil por quadrilha, porque as mesmas quadrilhas se apresentam nos dois concursos. E esse valor é fora da premiação; é um valor destinado ao investimento e ao fomento desses grupos, para que os brincantes possam se organizar e tenham mais subsídios. A gente entende que é um fomento bem diferente do que vinha acontecendo, uma valorização muito grande da nossa cultura, da nossa tradição”, explicou.

A final do Concurso de Quadrilhas Juninas do Gonzagão também foi prestigiada pelo governador Fábio Mitidieri, que na ocasião anunciou o apoio do Governo do Estado à quadrilha Pioneiros da Roça, campeã do concurso de quadrilhas Levanta Poeira 2024, da TV Sergipe. O grupo vai representar Sergipe no Festival de Quadrilhas Juninas da TV Globo, que ocorrerá em Recife/PE, nos dias 21 e 22 de junho, e a gestão estadual vai assegurar o deslocamento dos sergipanos até a capital pernambucana. “O governo vai patrocinar o ônibus para que essa quadrilha vá até Recife participar do concurso”, acrescentou Gustavo Paixão.

Público

A decoradora de festas Joyce Santana, de 20 anos, acompanhou o concurso do Gonzagão desde o início, sem perder nenhum dia. Para ela, que é uma verdadeira entusiasta das quadrilhas juninas, o incentivo destinado pelo Governo do Estado à manifestação cultural tem sido um diferencial desta gestão. “Participei do começo ao fim, e aqui estou de novo, super ansiosa por este momento espetacular. O evento, como um todo, é muito bom, é um desempenho cultural maravilhoso, principalmente com a ajuda que o governo dá. É algo extraordinário, que engrandece a nossa cultura, é maravilhoso”, considerou.

Assim como ela, a aposentada Maria José, 72, é outra grande fã da cultura das quadrilhas juninas. Ela contou que foi à final do concurso do Gonzagão prestigiar a apresentação do seu sobrinho, que é quadrilheiro, e não escondeu a emoção. “Eu estou achando maravilhoso, muito bom. Eu adorei, porque meu sobrinho veio dançar, e porque eu adoro quadrilha, então eu não poderia deixar de vir”, pontuou.

Finalistas

Além das três primeiras colocadas, também chegaram à final do Concurso de Quadrilhas Juninas do Gonzagão as quadrilhas Xodó da Vila, de Aracaju, com o tema ‘Rendas, fitas, bordados e chitas’, uma homenagem à costureira Leninha; Cangaceiros da Boa, de Japaratuba, com a temática ‘Zabumba ê Zabumba a Zabumba’, uma referência ao instrumento musical que compõe os trios de forró pé de serra, ao lado da sanfona e do triângulo; e a quadrilha Rala-Rala, de Maruim, com o tema ‘Caravana da Marinete do Forró’, uma homenagem ao ônibus responsável por transportar sergipanos e turistas aos principais pontos turísticos da capital sergipana durante os festejos juninos.

Resultado do Concurso de Quadrilhas Juninas Gonzagão

1º lugar – Unidos em Asa Branca

2º lugar – Século XX

3º lugar – Raio da Silibrina

4º lugar – Rala-Rala

5º lugar – Cangaceiros da Boa

6º lugar – Xodó da Vila

Fonte: Secom

Você pode querer ler também