ARACAJU/SE, 21 de junho de 2024 , 23:21:29

logoajn1

Usina de Xingó, postos de combustíveis e estabelecimentos de produtos agrícolas são fiscalizados pelo CREA-SE no Alto Sertão

 

Mais de 50 locais, no Alto Sertão de Sergipe, foram fiscalizados na última semana pelo Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Sergipe (CREA-SE). A ação, que terminou nesse fim de semana, faz parte do Projeto CREA-SE Itinerante, que leva ações de fiscalização e orientação para alinhamento de condutas de empresas e profissionais em relação às normas estabelecidas para o exercício legal das engenharias, da agronomia e das geociências.

As fiscalizações foram realizadas na Usina Hidrelétrica de Xingó, postos de combustíveis, estabelecimentos de venda de defensivos agrícolas, fábricas de laticínios, prefeituras e obras nos municípios do Alto Sertão, como Nossa Senhora da Glória, Canindé de São Francisco, Monte Alegre, entre outros.

Durante as fiscalizações foram solicitados registros de profissionais, atualização de quadro técnico, e com relação aos postos de combustíveis foram solicitados relatórios de manutenção de bombas e laudos de Sistema de Proteção contra Descargas Atmosféricas (SPDA).

O coordenador de fiscalização do CREA-SE, Wlademir Marques, informou que o resultado de todas essas ações deve ser conhecido em 15 dias, quando empresas e órgãos públicos devem fornecer as informações solicitadas.

“Assim, saberemos como está acontecendo o exercício das profissões ligadas às engenharias, à agronomia e às geociências no Alto Sertão. Toda essa mobilização acontece para garantir que apenas profissionais legalmente habilitados estejam atuando, o que garante segurança à população”, destacou.

Nos últimos cinco meses, foram realizadas quase 150 fiscalizações no Alto Sertão de Sergipe, que resultaram em 12 autos de infração, que provocaram a contratação de 12 profissionais legalmente habilitados.

Você pode querer ler também