Valadares Filho lamenta ‘insensibilidade’ da Prefeitura de Aracaju com setor hoteleiro

O ex-deputado federal Valadares Filho criticou a ausência de um retorno por parte da Prefeitura de Aracaju das reivindicações apresentadas pela Associação Brasileira da Indústria de Hotéis em Sergipe (ABIH/SE), em conjunto com entidades do trade turístico. Em ofício protocolado no dia 19 de março, as entidades apresentaram à gestão municipal uma série de sugestões para amenizar a crise que assola o setor, considerado o mais atingido pela pandemia.

Segundo Valadares Filho, que foi presidente da Comissão de Turismo da Câmara Federal, as reivindicações são justas e necessárias: redução do ISS e prorrogação do parcelamento do IPTU. “Mesmo a PMA se comprometendo em dar um retorno até o final de março, chegamos ao dia 6 de abril, e nada”, lamentou.

O presidente estadual do PSB citou como bom exemplo a Prefeitura de Salvador, que anunciou uma série de medidas econômicas para amenizar os impactos na pandemia em vários setores, entre eles o hoteleiro. “Lá, o prefeito Bruno Reis reabriu, por mais três meses, as inscrições para adesão ao IPTU Proturismo, que prevê desconto de 40%, beneficiando a hotelaria, motelaria e hospedagem contemplada no programa”, comparou.

“Faço aqui um apelo aos gestores de Aracaju para que apresentem, de forma responsável mas justa, um pacote de medidas que alivie o impacto negativo sobre a hotelaria, que gera centenas de empregos e movimenta outras cadeias da nossa economia. Esse setor não pode mais esperar”, completou Valadares Filho.

POR ASCOM/PSB