COPA DO NORDESTE - 09/02/2020 - 09:07

Confiança vence e assume liderança do Grupo B

Dando sequência à terceira rodada da Copa do Nordeste, mais cinco jogos foram disputados no sábado (8). Destaque para os triunfos dos líderes Fortaleza e Confiança-SE, e do Vitória, que derrotou o Bahia na Arena Fonte Nova. Confira os detalhes de todos os confrontos:

Um dos confrontos regionais da rodada foi entre Freipaulistano e Confiança, no Batistão. O Dragão, com bom aproveitamento na competição até o momento, venceu por 4 a 2 e lidera o Grupo B, com sete pontos. Com um, o Touro do Agreste está em oitavo no Grupo A.

O Confiança saiu na frente aos 16 minutos do primeiro tempo com Reis, que aproveitou cruzamento de Silva e completou para o gol. Aos 37, após rápido contra-ataque, a bola sobrou para Tiquinho empatar o jogo. Na volta do intervalo, Mikael voltou a deixar o Dragão na frente antes do relógio marcar um minuto. Jeferson Lima recebeu e tocou de primeira para o atacante fazer 2 a 1.

Aos 32, Reis cabeceou no ângulo esquerdo do goleiro Andrade para fazer o terceiro. Depois, Luan descontou para o Freipaulistano. E, já nos acréscimos, Alyson recebeu de Marcelinho e deu números finais à partida: 4 a 2.

Fortaleza 3 x 0 Santa Cruz

O Fortaleza é o novo líder do Grupo A! No Castelão, a equipe cearense bateu o Santa Cruz por 3 a 0 e agora ocupa o primeiro lugar,, com cinco pontos. Os pernambucanos, com apenas um ponto somado, aparecem na sétima posição do Grupo B.

Com dois empates até então na competição, o Fortaleza recebeu o Santinha e controlou as ações do jogo. Pressionando e sem dar espaços para o adversário, o time comandado por Rogério Ceni saiu na frente aos 30 minutos do primeiro tempo. David recebeu passe de Romarinho, ganhou na velocidade e tirou do goleiro para fazer 1 a 0. Aos 43, Wellington Paulista cobrou pênalti com tranquilidade e ampliou. Na etapa complementar, o Leão seguiu tendo o domínio e fechou o placar com outra batida de pênalti de Wellington Paulista, aos 29 minutos.

Bahia 0 x 2 Vitória

Na Arena Fonte, o Vitória deu fim ao jejum de triunfos em 12 clássicos com o Bahia. Com boa atuação do goleiro Ronaldo, o Leão marcou duas vezes ainda no primeiro tempo e faturou o jogo por 2 a 0. Após Fernando Neto acertar a trave logo aos dois minutos, o Tricolor começou as criar mais chances e dar trabalho ao paredão alvinegro.

Ronaldo pegou as finalizações de Élber e Flávio e incendiou o Ba-Vi. Quando o Esquadrão de Aço controlava as ações, Thiago Carleto cobrou falta com categoria e colocou o Vitória na frente. Depois, Ronaldo ainda foi efetivo ao defender os chutes de Élber, Juninho Capixaba e Juninho. Aos 41, novamente em jogada de bola parada, o Leão ampliou. Carleto cobrou escanteio na área, e Vico desviou de cabeça para marcar o segundo.

Na volta do intervalo, o Bahia até ficou mais ofensivo, mas a noite era do goleiro Ronaldo, que seguiu com boa atuação e garantiu o triunfo do Vitória. Agora com cinco pontos, o Leão subiu para o segundo lugar do Grupo B, enquanto o Bahia, com quatro, aparece na sexta posição do Grupo A.

Botafogo-PB 2 x 1 Náutico

No Almeidão, o Náutico tomou a iniciativa no primeiro tempo e levou pressão ao Botafogo-PB. Em duas boas chegadas, William Simões levou perigo em cruzamento pela esquerda, e Erick quase marcou ao finalizar cruzado para o gol. O Belo, por sua vez, buscava o campo de ataque apostando na velocidade dos pontas Kelvin e Pimentinha. Até que, aos 20 minutos, Rodrigo Andrade cobrou escanteio e Luis Gustavo abriu o placar para o time da casa. Logo na volta do intervalo, o Belo ficou mais ofensivo e viu Lohan sofrer pênalti aos seis minutos. Rodrigo Andrade cobrou e ampliou. O Náutico respondeu no lance seguinte, quando Jean Carlos arriscou de fora da área e viu a bola vencer Samuel: 2 a 1.

Com a primeira vitória na competição, o Botafogo-PB subiu para o terceiro lugar do Grupo A, com cinco pontos. O Timbu, com quatro, desceu para a terceira posição do Grupo B.

ABC 0 x 0 Ceará

O único jogo sem gols da noite do sábado foi entre ABC e Ceará, na Arena das Dunas, que não criaram muitas oportunidades e ficaram no 0 a 0. As duas melhores chances para o time da casa foram com Erivan, que pegou rebote, mas cabeceou para fora, e com Núbio Flávio, que estava sozinho na área e finalizou por cima do gol. Do lado do Vozão, Felipe Silva também deixou passar a chance ao chutar para fora na cara do gol. Na etapa complementar, os visitantes se lançaram mais ao ataque, enquanto o ABC investia nos contra-ataques. No entanto, o zero não saiu do placar.

Com o empate, o ABC caiu para o quinto lugar do Grupo A, com quatro pontos. O Ceará, que segue invicto, mas ainda não venceu, tem três e também aparece na quinta posição, mas do Grupo B.

Fonte: CBF