VIOLÊNCIA - 13/08/2019 - 11:03

Maternidade atende quatro crianças vítimas de abusos

Foto: Ascom SES

A Maternidade Nossa Senhora de Lourdes (MNSL), em Aracaju, realizou durante o final de semana quatro atendimentos a crianças através do Serviço de Atendimento às Vítimas de Violência Sexual. Nos sete meses do ano foram contabilizados 621 atendimentos a vítimas de violência sexual, sendo 116 crianças e adolescentes; 37 adultos e 468 consultas médicas de retorno.

A Maternidade é referência neste tipo de atendimento para ambos os sexos. O serviço é prestado através de uma equipe multidisciplinar composta por médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, assistentes sociais, psicólogos e psiquiatras.

“É importante que a vítima procure atendimento nas primeiras 72h porque até esse prazo conseguimos realizar todas as medidas preventivas para evitar doenças sexualmente transmissíveis ou gravidez indesejada. Para isso damos a pílula do dia seguinte, o coquetel retroviral do HIV e das hepatites”, alertou coordenadora do Pronto Socorro da MNSL, Lourivânia Prado.

O telefone de contato para o Serviço de Atendimento às Vítimas de Violência Sexual da MNSL é (79) 3225-8679.

Outros atendimentos

Entre os dias 9 e 11, a Maternidade, voltada para gestantes de alto risco, realizou 124 atendimentos. Destes, 65 foram internamentos que resultaram em 47 partos, e 59 receberam alta após avaliação. Além disso, cinco pacientes foram transferidas para maternidades que atendem o perfil de risco habitual. No Centro Cirúrgico foram contabilizados 52 procedimentos. “Registramos 47 partos, sendo 25 normais e 22 cesáreos, uma cirurgia em recém nascido e quatro curetagens”, informou a gerente do Centro Cirúrgico, Amanda Nabuco Oliveira.

A MNSL, assim como todas as instituições inseridas no Sistema Único de Saúde (SUS), funciona no regime de porta aberta, prestando assistência a todas as pacientes de alto risco que dão entrada na unidade, incluindo de outros Estados. A instituição fica localizada na Avenida Tancredo Neves, nº 5.700. O telefone para contato é (79) 3222-8650.

*Com informações Ascom Saúde