Destino: você acredita?

Acho que você já se perguntou sobre isso: destino existe? E se você é cristão, é bem provável que tenha ficado mais preocupado ainda com a resposta, talvez pelo fato de não querer contrariar os ensinamentos da Bíblia Sagrada e, então, ficou com receio de aceitar ou não a existência de destino.

Vamos pensar um pouco sobre isso e pensar da forma mais lógica possível. Primeiro, vamos lembrar que fomos criados por Deus, e a sua Palavra diz que nenhum dos seus planos podem ser frustrados. Portanto, se eu estou aqui por plano de Deus, não faço parte de um plano frustrado. Segundo, Jesus mesmo disse: “Qual o pai que se o filho lhe pedir pão, vai lhe dar pedra, ou qual o pai que se o filho pedir peixe, vai lhe dar uma serpente?” Jesus falou assim em relação ao cuidado de Deus para conosco e isso quer dizer que Deus só quer o melhor para nós. Então, nossa história foi escrita pelo Senhor como sendo uma história de vitória, de sucesso. Afinal, não é isso que todo pai quer para um filho? Davi diz no Salmo 139, versos 14 ao 16: “Eu te louvo porque me fizeste de modo especial e admirável. Tuas obras são maravilhosas! Disso tenho plena certeza. Meus ossos não estavam escondidos de ti quando em secreto fui formado e entretecido como nas profundezas da terra. Os teus olhos viram o meu embrião; todos os dias determinados para mim foram escritos no teu livro antes de qualquer deles existir.”

Ele tem o melhor para nós, mas também nos deu o livre arbítrio para podermos escolher qual o caminho que vamos seguir. Eu costumo comparar da seguinte forma: quando compramos uma passagem aérea de Aracaju à São Paulo, geralmente fazemos uma escala em Salvador; chegando lá, você não deve descer do avião, mas se quiser descer, a decisão é sua e ninguém vai lhe impedir, ou seja, seu destino era São Paulo, mas VOCÊ decidiu ficar em Salvador.

É assim que vejo o que Deus traçou para nós: um caminho para bênçãos e vitórias. Claro que há lutas e dificuldades, mas com a certeza dos cuidados d’Ele nessa caminhada. Existem, porém, pessoas que preferem ficar em outro caminho, quer dizer, saem ou fogem do seu destino. Eu lhe diria o seguinte: permaneça no caminho que Deus preparou para você. Não tem erro! E, ainda que o caminho seja longo, o que importa é estar no caminho certo. Coisa triste na vida, não é pegar caminho longo, mas sim, pegar caminho errado!

Um abraço, e Jesus te abençoe!

Autor

Destino: você acredita?

Outras Notícias