ARACAJU/SE, 14 de julho de 2024 , 23:30:21

logoajn1

Teste rápido para Tuberculose começa a ser ofertado nesta quarta, 20

 

 

A partir desta quarta-feira, 20, os casos suspeitos de Tuberculose poderão ser diagnosticados em até 24h. É que a Saúde de Aracaju recebeu do Ministério da Saúde o equipamento de teste rápido de Tuberculose, o que minimiza, substancialmente, o tempo de espera que era de uma semana.

 

 

Segundo a diretora de Vigilância em Saúde, Tereza Cristina Maynard, esta aquisição representa um grande avanço. “Agora faremos um monitoramento dos resultados mais célere para a população. Esse acompanhamento será feito pelo Programa Municipal de Controle a Tuberculose junto ao sistema de análise laboratorial e em 24h o cidadão já estará com seu resultado”, informou.

 

A coordenadora de Vigilância Epidemiológica, Raulinna Gomes, reforça que os pacientes que suspeitarem da doença deverão procurar a Unidade de Saúde da Família (USF) mais próxima. “Na unidade ele será avaliado por um profissional e a depender dessa avaliação será solicitado o teste rápido. A coleta é feita na própria unidade e encaminhada para o Centro de Especialidades Médicas (Cemar) Siqueira Campos, no outro dia o paciente já estará com o resultado em mãos”, reforçou.

 

 

Ainda segundo Raulina, a rapidez nos diagnósticos deve diminuir as complicações e óbitos nos casos de Tuberculose, já que com esta identificação o tratamento poderá começar bem cedo.

 

 

Segundo a coordenadora do Programa Municipal de Controle da Tuberculose, Tânia Santos, o município designou equipe de biomédico e técnicos em Laboratório para a execução dos testes. “O fluxo de encaminhamento das amostras segue o mesmo das baciloscopias. O teste detecta o DNA da Micobactéria tuberculosis apenas com uma amostra de escarro, de 5 a 10ml, que é colhido no primeiro contato com o paciente e não necessita de jejum”, pontuou.

 

Os auxiliares e técnicos das Unidades de Saúde já foram capacitados em outubro de 2014 e durante este mês maio de 2015 com palestras e distribuição de material informativo sobre o teste rápido.

 

Fonte: Secom/PMA

Você pode querer ler também