Mutirão de microcefalia da Maternidade N. Senhora de Lourdes é adiado 

O mutirão de atendimento as crianças com microcefalia (casos suspeitos e confirmados) que seria promovido pela Maternidade Nossa Senhora de Lourdes (MNSL) marcado para acontecer na próxima segunda-feira (22) foi adiado. A assessoria de comunicação da MNSL não divulgou o motivo do cancelamento.

 

A ação aconteceria no antigo prédio da Maternidade Hildete Falcão Batista, no bairro José Conrado de Araújo e esperava atender 40 crianças provenientes do interior do estado, nascidas na MNSL, que estão sendo atendidas no ambulatório da unidade.

 

De acordo com informações da assessoria de comunicação as famílias dos bebês foram avisadas previamente sobre o mutirão para que fosse verificada a disponibilidade de transportes, e que as mesmas serão avisadas do cancelamento também. A assessoria informou que uma nova data será informada posteriormente.

 

O mutirão seria conduzido pelo Grupo de Pesquisadores da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Fio Cruz e Sociedade Brasileira de Genética Médica (SBGM). A ação vem sendo feito em outras capitais do país, a exemplo de Fortaleza, Natal e Recife, com o intuito de coletar dados e proporcionar melhor atendimento as crianças nascidas com a malformação.

 

Por Karla Pinheiro