CRIME - 06/06/2019 - 14:38

Secretário de Itabaiana é morto a tiros em churrascaria

Rauan Stefani Santos Santana | Foto: Divulgação

Da redação, AJN1

Por volta das 8h desta quinta-feira (6), o secretário de Assuntos Institucionais e Defesa Social do município de Itabaiana, Rauan Stefani Santos Santana, de 29 anos, foi morto a tiros dentro de uma churrascaria localizada às margens da BR-235, no município de Itabaiana, região Agreste.

De acordo com as imagens do circuito interno de segurança da churrascaria “Pirata”, Rauan estava sentado tomando café-da-manhã, ao lado de duas pessoas, quando um homem de boné preto se aproxima e atira contra ele até descarregar a arma.

Neste momento, as pessoas que estavam com o secretário se levantam e correm. Ainda insatisfeito, o assassino saca outro revólver e volta a apertar o gatilho, depois zarpa em um carro ainda não identificado. Rauan, que é natural de Itabaiana, morre na hora.

A AJN1 teve acesso ao vídeo, mas as imagens são chocantes e, por respeito ao leitor, publicamos apenas uma cena pausada.

Imagens do circuito interno de segurança. 

O delegado Tarcísio Tenório está à frente da investigação. À imprensa, ele disse que ainda é prematuro traçar uma linha que possa desvendar o que motivou o crime.

Este é o 30º homicídio na cidade serrana somente este ano. Em 2018, aconteceram 56 assassinatos.

Segundo familiares, o sepultamento de Rauan será nesta sexta-feira (7), no cemitério Colina da Saudade, em Aracaju.

Nota de pesar

A Prefeitura de Itabaiana emitiu nota de pesar. Leia na íntegra:

“É com grande pesar que a Prefeitura de Itabaiana informa o falecimento do secretário Municipal de Assuntos Institucionais e Defesa Social, Rauan Stefani de Santos Santana, ocorrido na manhã desta quinta-feira, 6. Em condolência à família, aos amigos e aos colegas do servidor, o prefeito Valmir de Francisquinho cancelou as inaugurações das obras da Escola Professora Maria Andrade Carvalho, do Povoado Flexas, e Praça Santa Clara, que aconteceriam nessa sexta-feira, 7; e decretou luto oficial por três dias.

O prefeito, assim como todos que fazem parte da gestão municipal, lamenta o ocorrido e sente a perda, tão repentina, de um jovem que tinha grandes ideais e que traçaria um futuro brilhante na área jurídica e pessoal.”