Em Sergipe, mais de 150 animais resgatados pela FPI são devolvidos à natureza

A equipe Fauna da FPI/SE devolveu à natureza 151 animais. Foram 129 aves, 21 jabutis e um teiú que foram resgatados nas cidades de Cedro, Propriá, Telha e São Francisco, municípios que integram a Bacia Hidrográfica do São Francisco.

Após chegarem na base da Fauna, os bichos passaram por avaliação de veterinários e biólogos, receberam suplementos de nutrição, e em seguida foram classificados como aptos para voltar à natureza. Até o momento, a equipe resgatou 557 animais que estavam em cativeiro ilegal.

Enquanto durar a fiscalização, pessoas que criam animais silvestres, como aves, jabutis, teiús, podem fazer a entrega voluntária para a equipe Fauna. Para isso, basta levar os animais para o Centro de Atenção Integral à Criança e ao Adolescente (CAIC), onde funciona a Escola Municipal Josias Ferreira Nunes, localizado na avenida Ministro João Alves Filho, em Propriá.

“É importante que os animais não sejam soltos na natureza, pois muitas vezes não estão em condições de soltura imediata. No CAIC, existe uma equipe preparada para receber os animais, dar a eles o tratamento necessário, verificar se podem ser soltos e depois realizar a soltura em local adequado para cada espécie”, explica a coordenadora da equipe Fauna, Aline Borba.

Criar animais silvestres, sem a devida autorização legal, é crime. Os responsáveis podem ser multados, em valor de R$ 500 por bicho apreendido. Mas, se o animal estiver ameaçado de extinção a multa sobe para R$ 5 mil. Os proprietários que entregarem voluntariamente os animais durante a FPI/SE não serão penalizados.

Integram a equipe Fauna  a Administração Estadual do Meio Ambiente (Adema), Polícia Rodoviária Federal (PRF), Centro da Terra – Grupo Espeleológico de Sergipe, Centro de Manejo de Fauna da Caatinga (Cemafauna), Universidade Federal de Sergipe (UFS) e profissionais colaboradores.

Instituições Parceiras

Quarenta e duas instituições estão articuladas na Fiscalização Preventiva Integrada em Sergipe. Além das quatro instituições coordenadoras, temos 20 órgãos federais, 15 órgãos estaduais e três instituições sem fins lucrativos participantes da FPI/SE 2022.

Fonte: Ascom FPI