PARA CONSTRUIR RODOVIA - 07/02/2020 - 17:22

Governo vai gastar R$15 milhões com indenizações

Foto: Divulgação/Sedurbs

Da redação, AJN1

O governo do Estado está construindo há quase seis anos a rodovia SE-255, que ligará Itabaiana e Itaporanga. Tudo indica, de acordo com a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade (Sedurbs), que a nova estrada a primeira via direta entre as BR’s 235 e 101 e a maior estrada estadual entre municípios, com 52 km de extensão deve ficar pronta no final deste ano, como mostrou reportagem do AJN1 publicada no último dia 23 de janeiro (leia aqui).

Mas um dos principais problemas que justificam o atraso na conclusão da obra, conforme a Sedurbs, são as ações na Justiça para indenizações de famílias que têm casas em conflito com a extensão da rodovia.

Segundo a Sedurbs, há processos de indenização no povoado Ipanema, com aproximadamente 11 proprietários; no povoado Mata do Ipanema, com uma média de 15; e no povoado Mangueira, com cerca de 20. Ao todo, o Estado vai custear cerca de R$15 milhões só com processos indenizatórios. Essa quantia foi confirmada à AJN1 pela assessoria da Sedurbs em janeiro.

O engenheiro fiscal do Departamento Estadual de Infraestrutura Rodoviária de Sergipe (DER), Geraldino Vieira, disse à assessoria da Sedurbs que esses processos de indenizações, junto com os períodos de chuva, causam atrasos no andamento dos serviços. “Porém, voltamos esta semana e pretendemos dar mais celeridade”, explica.

Como está agora

As obras da futura rodovia prosseguem com duas frentes de trabalho: implantação da pavimentação de parte da rodovia, entre a BR 101 (Povoado Aningas – Itaporanga) e terraplanagem de parte do terreno do Povoado Mangueira e Povoado Pedrinhas. Atualmente, encontra-se com 53% do total executado, ou 25 dos 52 km com camada asfáltica.

Ficha técnica

A rodovia está sendo construída com recursos do Programa de Apoio ao Investimento dos Estados (Proinveste), no valor de R$ 58.140.592,81. Ela interligará a BR-101, na altura do povoado Aningas, em São Cristóvão, passando por povoados dos municípios de Itaporanga D’ajuda e Areia Branca até encontrar-se com a BR-235, precisamente no povoado Rio das Pedras em Itabaiana.

A obra atende ao padrão estabelecido às novas estradas estaduais: terá dez metros de largura, sendo sete de pista de rolamento e três de acostamento, sistema de drenagem pluvial, sinalização horizontal e vertical. E terá uma camada final de asfalto (do tipo CAUQ) de 5 cm de espessura. A ponte sobre o Rio das Pedras, no Povoado São José, em Itabaiana, também já foi concluída.